A disseminação das plantas baixas humanizadas tornou mais fácil e compreensível a vida de quem compra e de quem vende imóveis na planta. No desenvolvimento das Plantas Baixas Humanizadas, os detalhes do projeto ganham prioridade. A proposta é alcançar o máximo de humanização e de harmonização possível.

A adoção das Plantas Baixas Humanizadas facilita o entendimento do projeto porque os desenhos trazem cores, efeitos de luz e de sombra, além de texturas. O uso de biblioteca de itens possibilita visualizar o ambiente inclusive com os materiais de acabamento e de revestimento de piso. Os recursos dão uma visão bastante real e contribuem para a formulação das ideias para a decoração do ambiente, maximizando e otimizando o uso de móveis e acessórios.

Anteriormente, a complicada leitura do projeto técnico ou arquitetônico dificultava imaginar o futuro espaço residencial ou comercial mobiliado.

As Plantas Baixas Humanizadassão utilizadas para divulgação e venda de empreendimentos imobiliários. Destacam tanto as unidades habitacionais quanto as áreas de uso comum e também as fachadas. Normalmente, são exibidas em folders e postas em quadros de grande formato disponíveis em estandes de vendas.

O propósito de uma Planta Baixa Humanizada não é iludir o comprador e nem exagerar nas qualidades do layout, mas sim possibilitar a representação de um apartamento mobiliado ou sala comercial. Dessa forma o comprador interessado poderá entender o uso dos espaços internos e planejar o design de interiores.

A confecção das plantas baixas humanizadas requer auxilia de softwares como o Autocad e outros programas gráficos.