Arquiteto italiano cria torre que transforma vapor atmosférico em água potável

O arquiteto italiano Arturo Vittori, preocupado em ampliar o acesso à água potável em locais afetados pela falta de chuvas, desenvolveu o WarkaWater, capaz de captar o vapor de água atmosférico e torná-lo próprio para consumo.
O projeto, concebido há pouco mais de um ano para comunidades rurais da Etiópia, na África, consiste em uma torre de cerca de 90 quilos e dez metros de altura construída a partir de materiais como bambu ou talos de juncus. No interior, a estrutura é forrada por uma malha de plástico perfurada que ajuda a captar gotículas de orvalho, que escorrem até uma bacia na parte inferior da torre.
O formato de cone, de acordo com o escritório responsável Architecture and Vision, otimiza o transporte e armazenamento da torre e garante proteção ao ataque de animais por meio de estruturas de bambu pontiagudas no topo.
A torre tem capacidade para coletar cerca de 100 litros de água por dia. Cada unidade custa 500 dólares e pode ser construída em qualquer lugar sem a necessidade de equipamentos construtivos. O objetivo de Vittori é firmar parcerias que viabilizem a execução do projeto em outras áreas.

Confira um vídeo demonstrativo:

Fonte: Techne.pini.com.br