Imóveis de Curitiba são os mais valorizados

Em 2016, o estoque dos imóveis de Curitiba reduziu muito, elevando seus preços. Hoje, a cidade lidera o ranking nacional de valorização com um número muito maior que a média

Os últimos anos foram marcados pela estacionada do setor imobiliário. Depois de um período de grande valorização, a crise econômica que atingiu o Brasil fez com que os preços e vendas ficassem estáveis. Porém, desde a segunda metade de 2016, o mercado vem reaquecendo, as condições de compra estão melhorando com a expansão da oferta de crédito e a valorização está aumentando, dando destaque para os imóveis de Curitiba.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a capital paranaense possui mais de 1 milhão e 750 mil habitantes, distribuídos numa área de 435,036km². Assim, os imóveis de Curitiba são um grande número.

Até o ano passado, o estoque de imóveis residenciais novos na capital estava em torno de 10 mil unidades. Nos últimos 12 meses, esse número diminuiu muito, fazendo com que a cidade atingisse o menor índice em seis anos, com 7.814 imóveis em estoque. O resultado foi a valorização dos imóveis na capital.

O Índice FipeZap controla o preço de imóveis em 20 cidades brasileiras. Segundo suas pesquisas, os imóveis de Curitiba tiveram uma valorização de 4,78%, enquanto a média nacional ficou em 0,57%.

Dessa forma, o preço médio do metro quadrado dos imóveis de Curitiba subiu, influenciado por esses números. Em 2015, a média era de R$5.186 por m² e, hoje, esse valor é de R$5.586 o m².

Portanto, quem deseja investir e garantir um imóvel novo, deve aproveitar o bom momento do mercado. Como já foi dito aqui, agora é a hora de comprar! A economia está se estabilizando, as ofertas de crédito se expandindo e os imóveis de Curitiba estão sendo valorizados!

Conheça os empreendimentos que a ACMA tem para oferecer para você garantir um imóvel novo em alguns dos melhores bairros da cidade!

www.acma.eng.br

 

 

Fontes:

https://www.bemparana.com.br/noticia/483594/curitiba-atinge-o-menor-estoque-de-imoveis-novos-dos-ultimos-6-anos

http://paranaportal.uol.com.br/economia/curitiba-lidera-valorizacao-de-imoveis/

http://pr.ricmais.com.br/economia/noticias/curitiba-lidera-ranking-nacional-de-valorizacao-de-imovel/

 

 

 

 

Apartamentos e a maneira de cultivar plantas

Nem todas as plantas se adaptam a pequenos espaços, mas existem sim variedades adequadas para apartamentos de diferentes tamanhos

Um dos maiores dilemas de quem mora em apartamentos é: como cultivar plantas em um espaço pequeno? Isso não é um problema, se o morador fizer a escolha certa. Basta pensar se o local recebe luz, qual seu tamanho e como será a dedicação do proprietário. Existem tipos pequenos e fáceis de cuidar que são perfeitos para trazer vida aos apartamentos.

A jardinagem traz vários benefícios, não só ao ambiente, como também à saúde. Estudos comprovam que esta atividade, além de ser um exercício físico, alivia o estresse e melhora a saúde cerebral e mental, já que o contato com a terra produz serotonina, ajudando a melhorar o humor e a trazer felicidade. Por isso, é bom achar alternativas para a prática, mesmo em apartamentos.

Além disso, folhagens verdes, flores e até frutas (as que são possíveis de serem cultivadas em vasos, como os morangos) trazem mais vida, alegria e algumas chegam até a purificar o ambiente. Apartamentos que possuem uma sacada com um bom espaço e sem incidência direta do Sol, podem acomodar até alguns tipos de palmeiras em vasos, como: ráfis, camedórea-elegante, chamaedórea e areca.

Para apartamentos sem sacada, é possível cultivar pequenas plantas em vasinhos e até xícaras, que podem ficar na base de uma janela ou em um móvel. As opções são minicactos, suculentas, rosas de pedra e lanças de São Jorge. Já para trazer cor, há diversos tamanhos de flores. Aposte em begônias, gérberas, violetas, antúrios, lírios da paz, bromélias e azaleias, sendo esta última a única que exige exposição direta ao Sol.

Algumas plantas, além de embelezar os apartamentos, são capazes de purificar e umidificar o ar. É o caso de algumas acima e também da aloe vera (babosa), que elimina os poluentes de produtos de limpeza; bambu; jiboia e a dracena marginata (Dracena-de-Madagascar), que é capaz de remover toxinas do ar.

Agora você sabe que pode morar em um apartamento e ainda assim manter a natureza em seu lar. Invista em pequenos jardins de vaso e transforme seu lar!

Saiba mais e conheça os apartamentos que a ACMA tem como opção para você: https://www.acma.eng.br/portal/

Fontes:

http://infograficos.oglobo.globo.com/economia/imoveis/10-plantas-para-purificar-o-ar-da-casa/1-aloe-vera-9872.html#description_text

https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/04/13/Por-que-a-jardinagem-faz-bem-para-a-sua-sa%C3%BAde

https://www.hometeka.com.br/inspire-se/22-plantas-para-cultivar-em-apartamento/

http://claudia.abril.com.br/sua-vida/20-plantas-para-ambientes-fechados/

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Paisagismo/noticia/2016/05/13-plantas-para-cultivar-dentro-de-casa.html

Tendências de Decoração para o ano de 2017

Com destaque para tons de azuis, verdes e paredes de tijolinhos, uma das principais tendências de decoração em 2017 é a inovação e ousadia

Diferente de 2016, que se destacou por trazer cores mais sóbrias e neutras para os ambientes, o ano de 2017 promete inovar com cores originais, texturas nas paredes e estilo industrial para as casas. Estas são as principais tendências de decoração em 2017.

As cores que mais vão se destacar são o amarelo, tons de cinza, de azul e de verde. Dentre elas, a mais falada é a cor “verde militar”. A inovação pode chegar em sua casa por meio de objetos decorativos ou pintura de paredes específicas. Outra forma fácil, rápida e barata para mudar um ambiente é mudar o tecido de cortinas e almofadas para as cores do momento. Ou seja, é sim possível acompanhar as tendências de decoração sem ter muito trabalho.

Outro destaque das tendências de decoração de 2017 é o retorno do veludo molhado, a exemplo do que acontece no mundo da moda. Uma ótima forma de aplicação deste tecido é na cabeceira de camas, já que traz um ar luxuoso e ao mesmo tempo aconchegante ao ambiente.

Texturas nas paredes, acabamentos, papéis e adesivos também têm tudo a ver com as novas tendências de decoração. O acabamento com cortiça faz parte desta família de opções. Ideal para home-offices, permite pregar na parede avisos e fotos de maneira muito simples: basta um alfinete ou uma tachinha.

O estilo industrial também está entre as tendências de decoração para 2017. Bancos e cadeiras de ferro, canos expostos e luminárias “naked” – apenas fios e lâmpadas – trazem essas características cosmopolitas para os nossos lares. As paredes em tijolo aparente fazem parte desta linha, que além de colaborar com o estilo industrial, remetem aos super cultuados lofts de Nova Iorque.

Quer mais dicas de decoração e saber mais das tendências de decoração? Confira os links abaixo.

Para começar o novo ano com um novo lar, entre em contato com a ACMA e conheça nossos empreendimentos.

 

 

Fontes:

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/10/7-tendencias-de-decoracao-para-2017.html

http://niinasecrets.com.br/2016/5-tendencias-de-decoracao-2017/

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/08/conheca-cores-que-serao-tendencia-em-2017.html

 

 

Mais de um ano sem usar, tá na hora de doar!

Doar faz bem para o coração!

A Doe Calor é a maior campanha do agasalho do estado, onde qualquer um pode doar o que já não usa mais! É realizada pela Prefeitura de Curitiba através da Fundação de Ação Social (FAS) e Instituto Pró-Cidadania. O objetivo é, em uma cidade com um inverno tão rigoroso, não perder ninguém para o frio.

São muitas as formas de colaborar. Além da doação de agasalhos, cobertores, calçados e roupas, você ou sua empresa pode disponibilizar recursos para a compra de cobertores novos ou auxiliar na instalação de pontos de coleta.

A Doe Calor disponibiliza caixas de coleta em diversos postos para doações. Você poderá encontrar um posto da campanha em estabelecimentos comerciais, condomínios ou órgãos da Prefeitura. Estão participando redes de supermercados e farmácias, escolas, academias de ginástica, lojas Leve Curitiba, além dos Faróis do Saber e das Ruas da Cidadania.

A ACMA sabe da importância da filantropia e é entusiasta de campanhas como esta, que tornam nossa cidade mais humana, ajudando quem realmente não tem condições de se aquecer durante o inverno. E, se além de ajudar com a responsabilidade social você está em busca de imóveis fora do comum, estamos de portas abertas para recebe-los!

Conheça nossos empreendimentos e entre em contato pelo (41) 3322-1929.

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-agua-batel/

Fonte: www.doecalor.com.br

Estoque de número de imóveis novos em Curitiba é o menor dos últimos três anos

Esse primeiro trimestre de 2016 começou bem aquecido para o mercado imobiliário no Paraná, de acordo com a ADEMI – Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná, com 6% mais de vendas do que em relação à 2015. Várias facilidades oferecidas pelas construtoras estão contribuindo atualmente para que os imóveis novos sejam rapidamente negociados, atingindo o menor estoque dos últimos 3 anos.

De acordo com a ADEMI, os compradores destes novos imóveis preferem os do tipo stand, de R$ 250 mil a R$ 400 mil reais. O estoque desses apartamentos vem diminuindo dia a dia e sendo consumido por um público bem diversificado, desde pessoas que estão saindo de casa, casando ou separando, a chegada de filhos… tudo isso gera um crescimento orgânico na busca destes imóveis.

A grande parte dos novos imóveis de lançamentos são voltados a nichos específicos do mercado; em 2015 o que predominou foram imóveis de 4 dormitórios com, o restante, sendo consumido normalmente, com saídas de estoque de construtoras e incorporadoras.

Em 2016 o que está sendo observado é a procura de imóveis já prontos ou ainda na planta, que dá uma possibilidade maior de planejamento da compra. Somado a isso, imóveis que estão sendo finalizados agora também apresentam uma procura maior e, aparentemente, deve continuar por mais um tempo.

O mercado imobiliário continua oferecendo grandes oportunidades, principalmente para públicos exigentes de boa localização, estrutura e condições de pagamento. O curitibano não busca só preço: ele quer um imóvel bem iluminado e arejado, com bons acabamentos, ele busca o imóvel que seja “da vida dele”. Felizmente boas oportunidades não faltarão em 2016!

Em relação às taxas de juros, está havendo uma movimentação – principalmente das instituições públicas – para que até o meio do ano o consumo de imóveis, através de financiamento, seja fortalecido. Lembrando que, de acordo com a ADEMI, o reajuste da maior parte dos imóveis de Curitiba ficou abaixo da inflação: enquanto em 2015 estava em 10,67%, em 2016 esse ajuste ficou em apenas 5%.

Conheça os empreendimentos da ACMA e escolha o imóvel dos seus sonhos:

Terra Gutierrez https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

Água Batel http://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-agua-batel/

Fonte: Globo.com/PR