fbpx

Cobertura invertida proporciona mais privacidade

Os empreendimentos da ACMA possuem diferenciais que oferecem mais conforto, como a cobertura duplex invertida

Quem procura um imóvel para morar leva em consideração diversos fatores. A privacidade, o espaço útil e o andar são alguns deles. Por isso, a compra de uma cobertura é uma ótima escolha, pois, além de proporcionar uma vista melhor, ela normalmente possui um espaço de terraço para lazer e é mais silenciosa e tranquila, por ficar no último andar.

Cobertura invertida

Para cobertura duplex, vale a pena prestar atenção na disposição dos quartos e da área de lazer. É importante deixar essas áreas separadas, para evitar desconforto dentro do próprio lar. Foi pensando nisso, que a ACMA aplicou o conceito de cobertura duplex invertida em seus últimos lançamentos, como o Água Batel e o Terra Gutierrez.

Diferente de uma cobertura convencional, que possui terraço no andar de cima junto com os quartos, na invertida, é possível receber visitas em um espaço de lazer que fica integrado às áreas sociais do apartamento, respeitando a privacidade das acomodações dos moradores.

Vantagens de se morar na cobertura

Morar em uma cobertura é não ter incômodos com vizinhos no andar de cima. É ter mais tranquilidade e privacidade, além do fato dela oferecer área de lazer e uma vista privilegiada da cidade.

Ainda assim, com aprovação do condomínio e da prefeitura, é possível incrementar o terraço da cobertura com ofurô

Cobertura invertida Terra Gutierrez
Cobertura invertida Terra Gutierrez

– uma pequena piscina de hidromassagem -, gazebo – estrutura de madeira com flores trepadeiras e bancos -, e até fechar o teto com vidro, para aproveitar o espaço mesmo com chuva!

Por isso, quem deseja o status e o estilo de vida de morar em um imóvel como este, deve ficar atento às últimas unidades da cobertura invertida do Edifício Terra Gutierrez, da ACMA.

Com 150m² de área útil, 2 demi-suítes, 1 suíte master e 61m² de terraço privativo, essa cobertura é a moradia ideal para quem deseja conforto, privacidade e lazer de alto padrão!

Saiba mais: https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

Central de vendas: (41) 3078-1929

A maior área útil por metro quadrado!
A maior área útil por metro quadrado!

Para quem não abre mão do melhor!
Para quem não abre mão do melhor!

 

 

Fontes:

http://www.wprime.com.br/blog/beneficios-de-morar-em-uma-cobertura/

http://casaclaudia.abril.com.br/ambientes/9-dicas-para-comecar-a-planejar-a-integracao-da-varanda-com-a-sala/

https://www.sindiconet.com.br/tiraduvidas/6/juridico/47777/novo-proprietario-da-cobertura-quer-fechar-terraco-e-instalar-piscina-e-ofuro-as-duvidas-sao-muitas

http://www.chavesnamao.com.br/noticias/decoracao-e-arquitetura/arquitetura/coberturas/as-vantagens-e-desvantagens-de-comprar-uma-cobertura/

Financiamento direto com a ACMA Construções Civis é vantagem

Imóveis acima de R$350 mil possuem taxas de juros melhores em financiamento direto com a construtora

Na hora de comprar a casa própria é preciso pensar em vários detalhes, como localização, face, distância do trabalho, planta, tamanho e, claro, o dinheiro que se tem no bolso. Para este último, existe uma variação de benefícios, que dependem do valor do imóvel e da quantidade de dinheiro na conta. A compra de imóveis de alto padrão, por exemplo, é muito mais vantajosa quando é feita via financiamento direto com a construtora.

Os imóveis da ACMA se encaixam nesse perfil, já que o excelente acabamento e localizações privilegiadas os tornam de alto padrão. Dessa forma, os compradores podem negociar direto com a construtora o pagamento em até 30 parcelas.

Qual a diferença entre financiamento direto com a construtora e com o banco?

Incorporadoras que vendem imóveis na planta tendem a oferecer um financiamento próprio. Por isso, surge a dúvida se o comprador deve, ou não, seguir essa estratégia.

O tempo que vai levar o pagamento e as taxas de juros aplicadas sobre este são as maiores diferenças entre o financiamento direto com a construtora ou via banco. Os prazos bancários são maiores, podendo chegar até 30 anos. Já os juros tendem ser muitos parecidos.

Porém, os imóveis acima de R$350 mil são considerados fora do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Este sistema visa ajudar pessoas de classe mais baixa a garantir a compra da casa própria, empregando recursos do FGTS e da poupança para aquisição ou construção de residências. Sendo assim, para imóveis de alto padrão, nada melhor do que financiamento direto com a construtora.

Isso acontece porque, mesmo com prazos maiores oferecidos pelo banco, é aplicada a correção do saldo devedor pela Taxa Referencial e mais juros de 12%. Além de não haver juros na fase de obra quando o imóvel é comprado na planta, o financiamento direto com a construtora apresenta maior flexibilidade que o bancário.

As incorporadoras permitem, por exemplo, os famosos “balões”, que são utilizados no caso de o cliente ganhar um dinheiro extra e desejar amortizar um valor maior de uma vez só. Ou então, caso haja atraso de uma ou duas parcelas, o comprador tem a possibilidade de negociar com a construtora, sem se complicar e, por isso, até compradores de imóveis abaixo de R$150 mil procuram realizar o financiamento direto com a construtora.

Conheça os empreendimentos da ACMA e saiba mais sobre a opção de financiamento direto com a construtora: www.acma.eng.br

Fontes:

http://comocomprarumapartamento.com.br/financiamento/financiamento-com-a-construtora-ou-com-o-banco-qual-e-melhor/

http://revista.zapimoveis.com.br/e-melhor-dever-ao-banco-ou-a-construtora/

http://educandoseubolso.blog.br/2015/07/09/financiamento-habitacional-direto-pela-construtora-vale-a-pena/

https://www.melhortaxa.com.br/entenda-o-credito/qual-e-a-diferenca-entre-sfh-ou-sfi-/100094

Tendências de Decoração para o ano de 2017

Com destaque para tons de azuis, verdes e paredes de tijolinhos, uma das principais tendências de decoração em 2017 é a inovação e ousadia

Diferente de 2016, que se destacou por trazer cores mais sóbrias e neutras para os ambientes, o ano de 2017 promete inovar com cores originais, texturas nas paredes e estilo industrial para as casas. Estas são as principais tendências de decoração em 2017.

As cores que mais vão se destacar são o amarelo, tons de cinza, de azul e de verde. Dentre elas, a mais falada é a cor “verde militar”. A inovação pode chegar em sua casa por meio de objetos decorativos ou pintura de paredes específicas. Outra forma fácil, rápida e barata para mudar um ambiente é mudar o tecido de cortinas e almofadas para as cores do momento. Ou seja, é sim possível acompanhar as tendências de decoração sem ter muito trabalho.

Outro destaque das tendências de decoração de 2017 é o retorno do veludo molhado, a exemplo do que acontece no mundo da moda. Uma ótima forma de aplicação deste tecido é na cabeceira de camas, já que traz um ar luxuoso e ao mesmo tempo aconchegante ao ambiente.

Texturas nas paredes, acabamentos, papéis e adesivos também têm tudo a ver com as novas tendências de decoração. O acabamento com cortiça faz parte desta família de opções. Ideal para home-offices, permite pregar na parede avisos e fotos de maneira muito simples: basta um alfinete ou uma tachinha.

O estilo industrial também está entre as tendências de decoração para 2017. Bancos e cadeiras de ferro, canos expostos e luminárias “naked” – apenas fios e lâmpadas – trazem essas características cosmopolitas para os nossos lares. As paredes em tijolo aparente fazem parte desta linha, que além de colaborar com o estilo industrial, remetem aos super cultuados lofts de Nova Iorque.

Quer mais dicas de decoração e saber mais das tendências de decoração? Confira os links abaixo.

Para começar o novo ano com um novo lar, entre em contato com a ACMA e conheça nossos empreendimentos.

 

 

Fontes:

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/10/7-tendencias-de-decoracao-para-2017.html

http://niinasecrets.com.br/2016/5-tendencias-de-decoracao-2017/

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/08/conheca-cores-que-serao-tendencia-em-2017.html

 

 

Truques para aquecer a casa no inverno

Confira dicas para curtir um inverno mais gostoso em seu lar

Com o endurecimento do inverno no Paraná, é preciso pensar em como deixar os ambientes de sua casa mais aquecidos e aconchegantes. Confira algumas dicas de como adequar os espaços sem precisar se aventurar em grandes reformas e ponha em prática agora mesmo!

  • Paredes

Se as paredes de sua casa são todas brancas, cor que não promove a sensação de aconchego, invista em outros tons. Variações de camurça, bege e concreto tornam o clima dos ambientes mais íntimo. Outra boa opção é instalar papéis de parede.

  • Tapetes

Para aquecer grandes ambientes, abuse dos tapetes. Quartos, sala de televisão e living mostram-se cômodos propícios para o uso do acessório. “Invista em tons neutros ou peças com algum grafismo, se suas paredes forem lisas”, orienta Marília. Na hora da compra, leve em consideração a decoração do ambiente para combinar com o produto.

  • Cortinas

Se você já utiliza cortinas nas janelas mas elas são do tipo persianas, principalmente as rolôs, troque-as pelas de tecido. “O uso do pano promove uma sensação de bem estar. Além disso, o tecido segurará por mais tempo o calor de dentro da casa e impedirá a entrada de vento frio externo”, afirma.

  • Mantas e xales

Na sala de estar, inclua mantas e xales fabricados com tecidos quentes, como lã e tricô. Os sofás ainda podem receber almofadas com textura, criando um aspecto visual mais aconchegante. Para a sala de televisão, aposte em mantas do tipo cobre-leito.

  • Iluminação

Troque as lâmpadas brancas por amarelas. Aposte também na iluminação indireta usando abajures, luminárias e arandelas.

  • Lareira ecológica

O uso de lareira com fluidos, conhecida como lareira ecológica, é uma alternativa para aquecer os ambientes. O tamanho da lareira deve ser de acordo com o tamanho do cômodo.

Em tempo: no inverno, é comum que janelas e portas fiquem fechadas por mais tempo. Por isso, fique atento com a proliferação de ácaros nos ambientes. Para evitar espalhar ainda gripes e resfriados, mantenha a casa ventilada. Lembre-se também de manter arejado os armários, para que as roupas não fiquem com cheiros ruins.

Sabemos que a melhor forma de curtir o inverno é no aconchego do lar! Se você busca uma moradia de alto padrão em Curitiba, em localização valorizada, segura e com todas as vantagens que a cidade oferece, confira nossos empreendimentos:

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-agua-batel/

Fonte: Revista Veja

O que é incorporação, incorporadora e construtora?

O mercado imobiliário é composto por várias partes até chegar nas questões de venda e aluguel de casas, apartamentos e salas comerciais. Por trás de tudo isso estão alguns elementos muito importantes, como a incorporação, a incorporadora e a construtora. Ainda assim, muitos podem ter dúvidas quanto à definição e qual a função de cada uma delas.

A incorporação imobiliária é a parte jurídica. De acordo com o parágrafo único do art. 28 da lei federal nº 4.591/64 – lei de incorporações – trata-se da padronização e formalização junto ao cartório de imóveis sobre a atividade de promover e realizar a construção de edificações indicando várias informações, como qual o número de unidades juntamente com qual será a área de cada uma delas e quantas vagas na garagem, por exemplo. A empresa responsável por esse processo de incorporação imobiliária é chamada de incorporadora.

A incorporadora é a grande administradora de tudo isso. É a parte empreendedora responsável por reconhecer as oportunidades de compra e construção, analisar se é viável, obtém o terreno e qual o tipo de construção será feita no local. É ela que se responsabiliza por falar com o dono do terreno (que muitas vezes recebe algumas unidades do edifício como forma de pagamento) e por vender as unidades.

Na maioria das vezes, é ela quem contrata outras prestadoras de serviço para colocar o projeto da edificação em prática, como o financiador, consultorias de planejamento imobiliário e a construtora.

A construtora é a empresa para colocar em prática as obras. Em termos de serviços, ela é a responsável por contratar a mão de obra e os equipamentos necessários, assim como as maquinas.

Ela está encarregada de cuidar da qualidade do trabalho da obra, por isso se fazem testes com o material e ensaios com a tecnologia construtiva que irão usar para obter um edifício estável e sem vícios construtivos, ou seja, sem problemas físicos como trincas, rachaduras, infiltrações ou instabilidade.

A construtora deve cuidar de tudo isso no prazo estipulado e com segurança (motivo pelo qual deve haver sempre em todas as construções um técnico de segurança do trabalho).

Tem alguma dúvida sobre o mercado imobiliário? Deixe nos comentários!

Fonte: www.segs.com.br