Decoração do imóvel com chapas de compensado

O  compensado ganha cada vez mais espaço e, muitas vezes, você mesmo pode pôr em prática algumas ideias de como utilizá-lo na decoração do imóvel!

Utilizadas originalmente na indústria, as chapas de compensado vêm ganhando cada vez mais espaço dentro das casas e dos ambientes mais sofisticados. Feitas de pinus ou virola, são materiais sustentáveis, e de ótimo custo benefício, sendo uma ótima opção na criação de itens inovadores para mudar a decoração do imóvel.

Sustentabilidade na decoração do imóvel

O compensado é um material proveniente de madeiras de reflorestamento e, por isso, se torna muito barato e sustentável. Além disso, a matéria-prima que não serve para a criação de suas chapas é utilizada para a geração de energia através de biomassa.

Por não ser um material nobre, o compensado costumava ser utilizado apenas em portas e nas placas de concreto utilizadas em construções. Apenas recentemente, passou a ser considerado na decoração do imóvel e o resultado são peças inusitadas, criativas, baratas, fáceis de fazer e ecologicamente corretas!

Dentro de casa, as chapas de compensado podem servir como telas, e permitem soltar a criatividade em combinações com tinta, adesivos e outros materiais. Murais para fotos, que podem ser fixadas com tachinhas ou decotape, também funcionam na decoração do imóvel e são simples de ser feito.

Em ambientes mais compactos, como apartamentos studios, a decoração do imóvel com chapas de compensado vai além, quando se utiliza chapas com elementos vazados, que se tornam uma ótima opção para dividir espaços, sem bloquear a luminosidade e a ventilação. A variedade de estilos e de utilidades neste caso são infinitas.

E não é só dentro de casa que as chapas de compensado estão ganhando destaque. Alguns estabelecimentos adotam a ideia de decoração do imóvel com o material, explorando-o em seus ambientes.

fontes:

http://www.archdaily.com.br/br/799750/tasty-salad-shop-arquea-arquitetos

http://www.dcoracao.com/2013/08/nao-existe-material-ruim-ideias-pra.html

https://casacotidiana.wordpress.com/2015/03/17/elementos-vazados-como-dividir-pequenos-espacos/

http://atitudesustentavel.com.br/blog/2012/07/26/portas-com-preenchimento-de-baixa-densidade-sao-alternativa-sustentavel/

http://globalwood.com.br/como-e-produzido-o-compensado-de-madeira/

Compra de imóvel e a declaração no Imposto de Renda

Pessoas que realizaram venda ou compra de imóvel em 2016, devem incluir na declaração de Imposto de Renda deste ano.

Todo ano, os brasileiros devem declarar à Receita Federal o Imposto de Renda (IR) referente ao rendimento do ano anterior. Este tributo direciona uma porcentagem do salário de uma pessoa ao governo. Para evitar problemas e até obter lucros, é preciso calcular exatamente o que se ganha e o que se gasta e, por isso, a venda e compra de imóvel deve ser considerada.

O imposto

Este tributo está presente em diversos países. No Brasil, ele foi criado em 1922 e colocado em exercício para o ano de 1924-1925. A sua declaração anual é obrigatória e deve ser entregue gratuitamente através do site da Receita Federal. Apesar disso, nem todas as pessoas que possuem renda devem declarar, pois existem algumas exceções.

Não são considerados os rendimentos relativos à pensão, aposentadoria ou reforma, assim como os de pessoas com renda de até R$1.903,98, de acordo com a tabela atual. Portadores de doenças graves, presentes na Lei nº7.713/88 (como AIDS e esclerose múltipla), também estão isentos de declaração.

Venda e compra de imóvel declarada

Para evitar ser pego na famosa “malha fina”, processo que investiga irregularidades nas declarações, é preciso prestar atenção e anotar exatamente os valores gastos e obtidos no ano anterior. Por isso, se uma pessoa efetuar a venda ou compra de imóvel, deve incluir em sua declaração do ano.

No caso de compra de imóvel, é importante que o contribuinte declare o valor exato de quando foi adquirido o bem, sem contar a valorização do mercado e a correção monetária. Quem realizou um financiamento para a compra de imóvel, existem algumas diferenças na hora de declarar, que você pode conferir no portal Época Negócios.

Em caso de reformas e benfeitorias no imóvel, o valor gasto também deve ser declarado para que, numa venda futura, este valor seja somado ao ganho com a venda, reduzindo a base de cálculo do IR.

Assim como quem efetuou a compra de imóvel, quem vendeu também precisa incluir o ato na declaração. Dessa forma, existem algumas particularidades, estas citadas no portal Uol Economia, que permitem a isenção. Para saber se você deve ou não declarar a venda do imóvel, é possível usar a ferramenta disponibilizada no site da Receita Federal, que você pode acessar aqui.

Portanto, não se esqueça de realizar corretamente a declaração dos ganhos e gastos referentes à 2016 e fique atento ao prazo para entregar a declaração que, este ano, termina nesta sexta-feira (28).

Fontes:

https://idg.receita.fazenda.gov.br/sobre/institucional/memoria/imposto-de-renda

http://irpf2017.org/malha-fina-ir-2017-consulta-receita-federal/

http://epocanegocios.globo.com/colunas/Financas-de-Bolso/noticia/2017/04/ir-2017-como-declarar-carros-e-imoveis.html

https://economia.uol.com.br/imposto-de-renda/duvidas/como-declarar-venda-de-imovel-no-imposto-de-renda-e-pagar-menos.htm

Imóveis em Curitiba têm o menor estoque em seis anos

Segundo empresários do setor, a redução do estoque de imóveis em Curitiba diminui a oferta e, com isso, os preços tendem a aumentar neste ano.

Até 2016, o mercado imobiliário brasileiro passou por momentos de lentidão, em que os preços congelaram e as vendas diminuíram devido à situação financeira do país. Aos poucos, o mercado foi reaquecendo e, atualmente, o estoque de imóveis em Curitiba está baixo e a tendência é os preços subirem. Deseja comprar sua casa própria, ou investir em imóveis em Curitiba? Portanto, não demore, pois pode pagar mais caro ou não encontrar opções!

Como já falamos anteriormente no blog, o economista Ricardo Amorim analisou que ano passado o mercado imobiliário estava reaquecendo e a oferta de crédito voltando a se expandir. Desde março, os valores de venda tiveram o ritmo aumentado em aproximadamente 1% ao mês, como também já destacamos aqui.

Ao final de 2016, o preço médio dos imóveis em Curitiba subiu 7,1%, um pouco acima da inflação de 6,28 do período. Dessa forma, a capital paranaense terminou o ano com o menor estoque de imóveis novos em seis anos, com 7.709 unidades. Estes dados são da Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR), em parceria com a Brain Bureau de Inteligência Corporativa e consideram apartamentos novos prontos para morar, ou comprados na planta.

A previsão destes empresários é que, apenas a partir do segundo semestre de 2017, as construtoras retomem o lançamento de novos imóveis em Curitiba. Por isso, eles acreditam que as opções existentes passarão a entrar em escassez e, consequentemente, ficarão mais caras, sendo que os imóveis em Curitiba já são os mais valorizados do país, conforme já foi mencionado aqui no blog. Por isso, quem deseja garantir sua casa própria, ou até para investir, agora é a hora!

A ACMA possui empreendimentos de alto padrão em localizações privilegiadas. Conheça no site as opções de imóveis em Curitiba que a ACMA tem para te oferecer e entre em contato para agendar sua visita! Corra enquanto ainda há unidades!

Contato: (41) 3082-1929

Para este breve artigo, utilizamos a matéria do link abaixo como inspiração:

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/financas-pessoais/curitiba-tem-o-menor-estoque-de-imoveis-em-6-anos-e-precos-ultrapassam-inflacao-13yi85yd26vpbnc8klf3jfy3f

Cobertura invertida proporciona mais privacidade

Os empreendimentos da ACMA possuem diferenciais que oferecem mais conforto, como a cobertura duplex invertida

Quem procura um imóvel para morar leva em consideração diversos fatores. A privacidade, o espaço útil e o andar são alguns deles. Por isso, a compra de uma cobertura é uma ótima escolha, pois, além de proporcionar uma vista melhor, ela normalmente possui um espaço de terraço para lazer e é mais silenciosa e tranquila, por ficar no último andar.

Cobertura invertida

Para cobertura duplex, vale a pena prestar atenção na disposição dos quartos e da área de lazer. É importante deixar essas áreas separadas, para evitar desconforto dentro do próprio lar. Foi pensando nisso, que a ACMA aplicou o conceito de cobertura duplex invertida em seus últimos lançamentos, como o Água Batel e o Terra Gutierrez.

Diferente de uma cobertura convencional, que possui terraço no andar de cima junto com os quartos, na invertida, é possível receber visitas em um espaço de lazer que fica integrado às áreas sociais do apartamento, respeitando a privacidade das acomodações dos moradores.

Vantagens de se morar na cobertura

Morar em uma cobertura é não ter incômodos com vizinhos no andar de cima. É ter mais tranquilidade e privacidade, além do fato dela oferecer área de lazer e uma vista privilegiada da cidade.

Ainda assim, com aprovação do condomínio e da prefeitura, é possível incrementar o terraço da cobertura com ofurô

Cobertura invertida Terra Gutierrez
Cobertura invertida Terra Gutierrez

– uma pequena piscina de hidromassagem -, gazebo – estrutura de madeira com flores trepadeiras e bancos -, e até fechar o teto com vidro, para aproveitar o espaço mesmo com chuva!

Por isso, quem deseja o status e o estilo de vida de morar em um imóvel como este, deve ficar atento às últimas unidades da cobertura invertida do Edifício Terra Gutierrez, da ACMA.

Com 150m² de área útil, 2 demi-suítes, 1 suíte master e 61m² de terraço privativo, essa cobertura é a moradia ideal para quem deseja conforto, privacidade e lazer de alto padrão!

Saiba mais: https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

Central de vendas: (41) 3078-1929

A maior área útil por metro quadrado!
A maior área útil por metro quadrado!

Para quem não abre mão do melhor!
Para quem não abre mão do melhor!

 

 

Fontes:

http://www.wprime.com.br/blog/beneficios-de-morar-em-uma-cobertura/

http://casaclaudia.abril.com.br/ambientes/9-dicas-para-comecar-a-planejar-a-integracao-da-varanda-com-a-sala/

https://www.sindiconet.com.br/tiraduvidas/6/juridico/47777/novo-proprietario-da-cobertura-quer-fechar-terraco-e-instalar-piscina-e-ofuro-as-duvidas-sao-muitas

http://www.chavesnamao.com.br/noticias/decoracao-e-arquitetura/arquitetura/coberturas/as-vantagens-e-desvantagens-de-comprar-uma-cobertura/

Imóveis de Curitiba são os mais valorizados

Em 2016, o estoque dos imóveis de Curitiba reduziu muito, elevando seus preços. Hoje, a cidade lidera o ranking nacional de valorização com um número muito maior que a média

Os últimos anos foram marcados pela estacionada do setor imobiliário. Depois de um período de grande valorização, a crise econômica que atingiu o Brasil fez com que os preços e vendas ficassem estáveis. Porém, desde a segunda metade de 2016, o mercado vem reaquecendo, as condições de compra estão melhorando com a expansão da oferta de crédito e a valorização está aumentando, dando destaque para os imóveis de Curitiba.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a capital paranaense possui mais de 1 milhão e 750 mil habitantes, distribuídos numa área de 435,036km². Assim, os imóveis de Curitiba são um grande número.

Até o ano passado, o estoque de imóveis residenciais novos na capital estava em torno de 10 mil unidades. Nos últimos 12 meses, esse número diminuiu muito, fazendo com que a cidade atingisse o menor índice em seis anos, com 7.814 imóveis em estoque. O resultado foi a valorização dos imóveis na capital.

O Índice FipeZap controla o preço de imóveis em 20 cidades brasileiras. Segundo suas pesquisas, os imóveis de Curitiba tiveram uma valorização de 4,78%, enquanto a média nacional ficou em 0,57%.

Dessa forma, o preço médio do metro quadrado dos imóveis de Curitiba subiu, influenciado por esses números. Em 2015, a média era de R$5.186 por m² e, hoje, esse valor é de R$5.586 o m².

Portanto, quem deseja investir e garantir um imóvel novo, deve aproveitar o bom momento do mercado. Como já foi dito aqui, agora é a hora de comprar! A economia está se estabilizando, as ofertas de crédito se expandindo e os imóveis de Curitiba estão sendo valorizados!

Conheça os empreendimentos que a ACMA tem para oferecer para você garantir um imóvel novo em alguns dos melhores bairros da cidade!

www.acma.eng.br

 

 

Fontes:

https://www.bemparana.com.br/noticia/483594/curitiba-atinge-o-menor-estoque-de-imoveis-novos-dos-ultimos-6-anos

http://paranaportal.uol.com.br/economia/curitiba-lidera-valorizacao-de-imoveis/

http://pr.ricmais.com.br/economia/noticias/curitiba-lidera-ranking-nacional-de-valorizacao-de-imovel/