fbpx

Morar em Curitiba e suas vantagens

Ter um lar próximo a áreas verdes, sustentabilidade e variedade de programas fazem crescer a procura por morar em Curitiba

A capital paranaense é mundialmente conhecida por sua sustentabilidade, ruas limpas, projetos de coleta e reciclagem de lixo, áreas verdes e transporte público de alta qualidade. Morar em Curitiba se tornou sinônimo de qualidade de vida, com bom custo de vida quando comparada a outras capitais do país.

Mais sobre a cidade

Curitiba possui 1.851.215 habitantes que se distribuem por 75 bairros em mais de 430km² de área. A capital tem vários bosques, praças e parques, o que a deixa com um dos melhores níveis de área verde do país – 52 m² por pessoa. Por isso, morar em Curitiba é sempre estar em contato com a natureza e ter a possibilidade de diversos passeios ecológicos.

Vantagens de se morar em Curitiba

Além dos itens destacados anteriormente, a cidade possui lugares lindos, como mostra a coleção da CNN dos 20 lugares mais bonitos do Brasil, dos quais três são curitibanos. Morar em Curitiba proporciona ainda, melhor qualidade de vida, de acordo com o relatório Green City Index, que avaliou 17 cidades da América Latina, sendo a capital paranaense a mais sustentável de todas.

A cidade se destacou também no ranking de melhor bem-estar urbano. O Observatório das Metrópoles, coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), analisou mais de 5.500 municípios do país e os avaliou segundo cinco indicadores: condições ambientais, condições habitacionais, infraestrutura, mobilidade urbana e serviços coletivos urbanos. Das 27 capitais, Curitiba ficou em terceiro lugar.

A cidade possui ainda diversas opções de imóveis, para os mais diferentes gostos e bolsos. A ACMA tem empreendimentos nas melhores regiões, com o melhor acabamento e metragens diferenciadas a preços especiais. Tudo isso para você morar em Curitiba com muito estilo e conforto!

Conheça mais: www.acma.eng.br

Para esse texto que conta as vantagens de se morar em Curitiba, utilizamos os seguintes links como inspiração:

http://creci-rj.gov.br/curitiba-e-a-cidade-mais-sustentavel-da-america-latina-2/

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/09/27/sp-fica-em-12-lugar-em-ranking-de-bem-estar.htm

http://www.custodevida.com.br/ranking-capitais/

http://www.curitibacvb.com.br/noticia/curitiba-conhecida-mundialmente-pela-sustentabilidade

http://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/perfil-da-cidade-de-curitiba/174

 

Cobertura invertida proporciona mais privacidade

Os empreendimentos da ACMA possuem diferenciais que oferecem mais conforto, como a cobertura duplex invertida

Quem procura um imóvel para morar leva em consideração diversos fatores. A privacidade, o espaço útil e o andar são alguns deles. Por isso, a compra de uma cobertura é uma ótima escolha, pois, além de proporcionar uma vista melhor, ela normalmente possui um espaço de terraço para lazer e é mais silenciosa e tranquila, por ficar no último andar.

Cobertura invertida

Para cobertura duplex, vale a pena prestar atenção na disposição dos quartos e da área de lazer. É importante deixar essas áreas separadas, para evitar desconforto dentro do próprio lar. Foi pensando nisso, que a ACMA aplicou o conceito de cobertura duplex invertida em seus últimos lançamentos, como o Água Batel e o Terra Gutierrez.

Diferente de uma cobertura convencional, que possui terraço no andar de cima junto com os quartos, na invertida, é possível receber visitas em um espaço de lazer que fica integrado às áreas sociais do apartamento, respeitando a privacidade das acomodações dos moradores.

Vantagens de se morar na cobertura

Morar em uma cobertura é não ter incômodos com vizinhos no andar de cima. É ter mais tranquilidade e privacidade, além do fato dela oferecer área de lazer e uma vista privilegiada da cidade.

Ainda assim, com aprovação do condomínio e da prefeitura, é possível incrementar o terraço da cobertura com ofurô

Cobertura invertida Terra Gutierrez
Cobertura invertida Terra Gutierrez

– uma pequena piscina de hidromassagem -, gazebo – estrutura de madeira com flores trepadeiras e bancos -, e até fechar o teto com vidro, para aproveitar o espaço mesmo com chuva!

Por isso, quem deseja o status e o estilo de vida de morar em um imóvel como este, deve ficar atento às últimas unidades da cobertura invertida do Edifício Terra Gutierrez, da ACMA.

Com 150m² de área útil, 2 demi-suítes, 1 suíte master e 61m² de terraço privativo, essa cobertura é a moradia ideal para quem deseja conforto, privacidade e lazer de alto padrão!

Saiba mais: https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

Central de vendas: (41) 3078-1929

A maior área útil por metro quadrado!
A maior área útil por metro quadrado!

Para quem não abre mão do melhor!
Para quem não abre mão do melhor!

 

 

Fontes:

http://www.wprime.com.br/blog/beneficios-de-morar-em-uma-cobertura/

http://casaclaudia.abril.com.br/ambientes/9-dicas-para-comecar-a-planejar-a-integracao-da-varanda-com-a-sala/

https://www.sindiconet.com.br/tiraduvidas/6/juridico/47777/novo-proprietario-da-cobertura-quer-fechar-terraco-e-instalar-piscina-e-ofuro-as-duvidas-sao-muitas

http://www.chavesnamao.com.br/noticias/decoracao-e-arquitetura/arquitetura/coberturas/as-vantagens-e-desvantagens-de-comprar-uma-cobertura/

Imóveis de Curitiba são os mais valorizados

Em 2016, o estoque dos imóveis de Curitiba reduziu muito, elevando seus preços. Hoje, a cidade lidera o ranking nacional de valorização com um número muito maior que a média

Os últimos anos foram marcados pela estacionada do setor imobiliário. Depois de um período de grande valorização, a crise econômica que atingiu o Brasil fez com que os preços e vendas ficassem estáveis. Porém, desde a segunda metade de 2016, o mercado vem reaquecendo, as condições de compra estão melhorando com a expansão da oferta de crédito e a valorização está aumentando, dando destaque para os imóveis de Curitiba.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a capital paranaense possui mais de 1 milhão e 750 mil habitantes, distribuídos numa área de 435,036km². Assim, os imóveis de Curitiba são um grande número.

Até o ano passado, o estoque de imóveis residenciais novos na capital estava em torno de 10 mil unidades. Nos últimos 12 meses, esse número diminuiu muito, fazendo com que a cidade atingisse o menor índice em seis anos, com 7.814 imóveis em estoque. O resultado foi a valorização dos imóveis na capital.

O Índice FipeZap controla o preço de imóveis em 20 cidades brasileiras. Segundo suas pesquisas, os imóveis de Curitiba tiveram uma valorização de 4,78%, enquanto a média nacional ficou em 0,57%.

Dessa forma, o preço médio do metro quadrado dos imóveis de Curitiba subiu, influenciado por esses números. Em 2015, a média era de R$5.186 por m² e, hoje, esse valor é de R$5.586 o m².

Portanto, quem deseja investir e garantir um imóvel novo, deve aproveitar o bom momento do mercado. Como já foi dito aqui, agora é a hora de comprar! A economia está se estabilizando, as ofertas de crédito se expandindo e os imóveis de Curitiba estão sendo valorizados!

Conheça os empreendimentos que a ACMA tem para oferecer para você garantir um imóvel novo em alguns dos melhores bairros da cidade!

www.acma.eng.br

 

 

Fontes:

https://www.bemparana.com.br/noticia/483594/curitiba-atinge-o-menor-estoque-de-imoveis-novos-dos-ultimos-6-anos

http://paranaportal.uol.com.br/economia/curitiba-lidera-valorizacao-de-imoveis/

http://pr.ricmais.com.br/economia/noticias/curitiba-lidera-ranking-nacional-de-valorizacao-de-imovel/

 

 

 

 

Tendências de Decoração para o ano de 2017

Com destaque para tons de azuis, verdes e paredes de tijolinhos, uma das principais tendências de decoração em 2017 é a inovação e ousadia

Diferente de 2016, que se destacou por trazer cores mais sóbrias e neutras para os ambientes, o ano de 2017 promete inovar com cores originais, texturas nas paredes e estilo industrial para as casas. Estas são as principais tendências de decoração em 2017.

As cores que mais vão se destacar são o amarelo, tons de cinza, de azul e de verde. Dentre elas, a mais falada é a cor “verde militar”. A inovação pode chegar em sua casa por meio de objetos decorativos ou pintura de paredes específicas. Outra forma fácil, rápida e barata para mudar um ambiente é mudar o tecido de cortinas e almofadas para as cores do momento. Ou seja, é sim possível acompanhar as tendências de decoração sem ter muito trabalho.

Outro destaque das tendências de decoração de 2017 é o retorno do veludo molhado, a exemplo do que acontece no mundo da moda. Uma ótima forma de aplicação deste tecido é na cabeceira de camas, já que traz um ar luxuoso e ao mesmo tempo aconchegante ao ambiente.

Texturas nas paredes, acabamentos, papéis e adesivos também têm tudo a ver com as novas tendências de decoração. O acabamento com cortiça faz parte desta família de opções. Ideal para home-offices, permite pregar na parede avisos e fotos de maneira muito simples: basta um alfinete ou uma tachinha.

O estilo industrial também está entre as tendências de decoração para 2017. Bancos e cadeiras de ferro, canos expostos e luminárias “naked” – apenas fios e lâmpadas – trazem essas características cosmopolitas para os nossos lares. As paredes em tijolo aparente fazem parte desta linha, que além de colaborar com o estilo industrial, remetem aos super cultuados lofts de Nova Iorque.

Quer mais dicas de decoração e saber mais das tendências de decoração? Confira os links abaixo.

Para começar o novo ano com um novo lar, entre em contato com a ACMA e conheça nossos empreendimentos.

 

 

Fontes:

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/10/7-tendencias-de-decoracao-para-2017.html

http://niinasecrets.com.br/2016/5-tendencias-de-decoracao-2017/

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2016/08/conheca-cores-que-serao-tendencia-em-2017.html

 

 

Imóveis novos crescem mais de 13% em vendas em Curitiba

Com o aumento da oferta de crédito e reaquecimento do mercado, o estoque de imóveis novos está cada vez mais disputado pelos interessados

Apesar das dificuldades que o mercado brasileiro sofreu nos últimos tempos, os imóveis novos têm se valorizado em Curitiba. Desde março deste ano os valores de venda aumentam ao ritmo de aproximadamente 1% ao mês. As vendas estão aquecidas, pois como a tendência é de alta, os compradores mais atentos compreendem que cada mês de antecipação pode fazer diferença – e muita – no valor final da compra do novo imóvel. Afinal, 1% de diferença em bens da ordem de centenas de milhares de reais, ou até mesmo milhões de reais, é um bocado de dinheiro. O resultado é uma intensa busca pelos últimos lançamentos ainda disponíveis em Curitiba.

O destaque em Curitiba fica por conta dos imóveis de três quartos. De acordo com o índice FipeZap, em um ano (outubro 2015 – outubro 2016) o preço de venda desse tipo teve um crescimento de 6,19%. O interessante é que desde março deste ano ele passou a ser absolutamente crescente, com uma variação média em torno de 1% ao mês.

Imóveis Novos
Gráfico mostra aumento considerável no preço de vendas dos imóveis novos em Curitiba para o período de um ano.

Agora é a hora boa para quem quer comprar!

Com a volta da expansão da oferta de crédito e a queda nos juros, as possibilidades aumentaram para quem deseja comprar imóveis novos para investimento ou até mesmo como um novo lar. Como os atuais lançamentos que ainda possuem estoque tiveram seus terrenos comprados anos atrás, o valor de venda final destes imóveis novos ainda tem raízes naquela época, tornando-os extremamente atrativos para os dias atuais. Quando os lançamentos construídos a partir da época de crise forem as únicas opções de compra de imóveis novos, os consumidores só contarão com opções mais caras de imóveis novos a seu alcance.

Além disso, economistas já preveem um aumento nos preços para 2017, já que os imóveis novos também chegam com correções considerando a inflação vigente. Ou seja, a hora é agora.

As pessoas que desejam investir devem levar em consideração o momento do mercado. Quem comprar imóveis novos agora, terá a opção de revender por valores superiores em novos períodos, não só retomando o valor investido, como obtendo um bom lucro. E para quem quer morar, o período favorece os que procuram bons preços e boas condições, enquanto as construtoras e incorporadoras têm suas últimas unidades de estoques anteriores a preços convidativos.

Imóveis novos
Imóveis novos da ACMA possuem localização privilegiada

A ACMA Construções Civis possui lançamentos ótimos nas regiões mais privilegiadas de Curitiba, sempre com ótima relação custo-benefício. Aproveite o momento do mercado para adquirir imóveis novos perfeitos para seu investimento ou seu novo lar!

Entre em contato e conheça mais sobre nossos empreendimentos.

Conheça aqui alguns artigos que inspiraram este texto da ACMA. São conteúdos de alta relevância para o entendimento deste importante momento de mercado e suas oportunidades.

http://fipezap.zapimoveis.com.br/

https://www.bemparana.com.br/noticia/470786/vendas-de-imoveis-novos-crescem-131-em-agosto-em-curitiba

http://www.segs.com.br/economia/40539-mercado-imobiliario-comeca-a-perceber-recuperacao.html

http://g1.globo.com/pr/parana/especial-publicitario/tha/noticia/2016/09/imoveis-em-curitiba-tem-melhor-oferta-de-descontos-dos-ultimos-5-anos.html

http://www.ademipr.com.br/noticias/estoque-de-novos-curitiba-abril

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/venda-de-imoveis-novos-mostra-recuperacao-e-cresce-13-em-agosto-290b8mdy1vd3wzl882s8av0wr

 

 

 

Reaquecimento do Mercado Imobiliário está chegando

A hora de investir é agora: aproveite o reaquecimento do mercado imobiliário!

No início deste mês de outubro, o economista Ricardo Amorim destacou que o Brasil não passou por uma bolha imobiliária. Segundo ele, se isso tivesse acontecido, estaria tudo completamente estagnado, sem oportunidades de emprego, sem lançamentos na área da construção e sem previsão de reaquecimento do mercado imobiliário.

Mesmo passando por uma enorme contração econômica, o Índice FIPE/ZAP mostrou que, num cenário geral, o preço dos imóveis no Brasil apenas parou de subir, atingindo níveis de estabilidade em 2016. A queda nos preços foi percebida em raros casos, mostrando que o mercado imobiliário brasileiro não foi tão afetado e, por isso, há muitos lançamentos de prédios e pessoas vendendo e procurando novos lares.

A notícia boa é que o momento está favorável para quem deseja aproveitar o reaquecimento do mercado imobiliário e investir, comprando terrenos, galpões, imóveis residenciais e comerciais. O momento é bom também para quem deseja comprar a casa própria, aproveitando os preços do momento.

Segundo Amorim, o cenário futuro, com o reaquecimento do mercado imobiliário, é muito bom, principalmente para quem trabalha na área, vez que a previsão é da economia brasileira se estabilizar, a oferta de crédito voltar a se expandir e, consequentemente, aumentar o preço dos imóveis, a quantidade de lançamentos e o número de vendas concretizadas.

O economista ainda destaca índices que reforçam essa ideia de reaquecimento do mercado imobiliário. Já há previsão de crescimento superior a 1% do PIB brasileiro para 2017 e o índice IFIX da Bovespa, que mede o desempenho dos fundos imobiliários, subiu 20%. Espera-se que a taxa de juros comece a cair e que permaneça em queda no decorrer do ano que vem, permitindo o aumento das ofertas de crédito.

Por isso, entre em contato com a equipe ACMA, conheça nossos empreendimentos e garanta o seu novo imóvel para morar ou investir nesse momento de reaquecimento do mercado imobiliário.

Conheça no link a seguir o texto original de Ricardo Amorim sobre o reaquecimento do mercado imobiliário, utilizado como referência e inspiração para este artigo:

https://www.linkedin.com/pulse/hora-de-investir-em-im%C3%B3veis-ricardo-amorim

Reaquecimento do mercado de imóveis em Curitiba!

Reaquecimento é visível e o momento de aproveitar é agora!

Desde o início do ano, a disponibilidade dos imóveis novos em Curitiba vem caindo. Em abril de 2015, a cidade detinha 10.949 unidades para venda. Já no mesmo período em 2016, esse número caiu para 8.819 unidades. A pesquisa da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) revela ainda um recuo de 3% no estoque de imóveis novos na variação mensal.

O que muitos compradores não sabem é que os índices do mercado se debruçam sobre os estoques e, hoje, a oferta ainda está pequena. Os ciclos imobiliários funcionam assim, os estoques vão ficando escassos, o que permite que as incorporadoras lancem novos produtos que já nascem alinhados com o novo momento.

Apesar as incertezas em relação à política, a economia tem melhorado e o consumidor se mostra mais confiante para adquirir imóveis nesse período, porém ainda com cautela, pesquisa e comparação, ele vai para o mercado sabendo o que quer, valorizando mais o seu dinheiro na hora de comprar. Ele está mais exigente e é quase um profissional na hora de investir seu dinheiro em imóveis, seja para moradia ou investimento, como obtenção de renda por meio de locação.

Porém, se esperar demais, a chance de pagar bem mais caro é grande.

Os preços dos imóveis em Curitiba já caíram em termos reais entre 8% e 12% e este ciclo de queda do preço está terminando. Por isso, perder a oportunidade de compra hoje, pode fazer com que o consumidor se arrependa em curto prazo, pois com os lançamentos e a renovação dos estoques, comprar imóvel a partir do próximo ano certamente ficará mais caro. A dica é aproveitar o crescimento das linhas alternativas e programas de crédito, como o FGTS.

Na ACMA você encontra imóveis de elevado padrão de qualidade com diferenciais exclusivos, entre os quais a arquitetura, a localização e os itens de conforto são prioridade.

Terra Gutierrez 

Água Batel 

Entre em contato com nossos colaboradores e saiba mais sobre nossas condições especiais de pagamentos pelo telefone (41) 3322-1929.

Fonte: www.investimentosenoticias.com.br

Caixa facilita financiamento para compradores e construtoras

Caixa facilita financiamento e quem aproveita é você!

O setor imobiliário vem se aquecendo novamente e recebeu com esperança e otimismo as novidades anunciadas pela da Caixa Econômica (CEF) de facilitar o financiamento, tanto para os compradores de imóveis quanto para as construtoras. Entidades e empresas acreditam que a movimentação do banco é um bom indicativo para o mercado e traz confiança ao setor, e nós da ACMA concordamos!

A primeira iniciativa foi anunciada na semana passada e já está valendo. Agora o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) – que não utiliza recursos do FGTS  – passa a financiar imóveis até R$ 3 milhões, o dobro do limite anterior, que era de R$ 1,5 milhão. O percentual financiável do valor do imóvel também mudou: subiu de 60% para 70% para imóveis usados e de 70% para 80% no caso dos novos.

Vale lembrar que a Caixa é o principal banco financiador do segmento imobiliário do País e suas decisões acabam influenciando a oferta de crédito pelos demais bancos públicos e privados! O financiamento é a mola do setor, então ter um crédito garantido é uma notícia muito boa para todos os segmentos.

Outra iniciativa da CEF, voltada diretamente para as empresas de construção, a retomada do Plano Empresário da Construção Civil – parado desde maio de 2015 – gerou uma reação muito mais positiva de toda a cadeia. Através dessa linha de crédito, a Caixa irá liberar 10 bilhões para custear obras e o valor é quitado pelas construtoras, após a conclusão do empreendimento, por meio da venda ou financiamento das unidades. Esse benefício, no entanto, é aplicado para investimentos do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que inclui imóveis de até R$ 650 mil (R$ 750 mil apenas para SP, RJ, MG e DF).

Os resultados da oferta de crédito nos indicadores de compra serão percebidos de forma mais clara a partir do próximo ano. O lado bom será na geração de empregos, já que os canteiros de obra vão exigir mais mobilização.  Já o nível de atividade da construção vem apresentando melhora, segundo o levantamento de junho realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice foi de 41,2, enquanto no mês de maio era de 40,1. Quanto mais o número se aproxima de 50, menor é a retração do setor.

Se você busca uma moradia de alto padrão em Curitiba, em localização valorizada, segura e com todas as vantagens que a cidade oferece, confira nossos empreendimentos:

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-terra-gutierrez/

https://www.acma.eng.br/portal/imovel/edificio-agua-batel/

Fonte: http://goo.gl/PC7t3q

Setor imobiliário prevê reaquecimento com novas regras de financiamento

Muitos consumidores ainda não se atentaram aos novos limites para o financiamento imobiliário usados pela Caixa Econômica Federal e o reaquecimento do mercado. As novas regras valem para empréstimos contratados dentro do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) na modalidade de Sistema de Amortização Constante (SAC), cujo percentual de financiamento passa de 50% para 70% do valor do bem. Além disso, também será possível financiar um 2º imóvel nas mesmas condições do primeiro. Assim, a expectativa é de que haja um fomento no mercado imobiliário.

Isso levará a um novo crescimento do mercado, facilitando a venda de imóveis usados, que por sua vez, facilitará a compra de novos, já que muitos consumidores usam os usados para dar entrada nos novos. Para que haja grande aquecimento nas vendas, proprietários de imóveis devem ser mais conscientes.

SFI também tem novidades

Cabe destacar que, além do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), cujo valor limite é R$ 650 mil no Paraná, também houve uma alteração no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que possui o mesmo valor limite. Pelo SFI, o percentual do empréstimo passará de 40% para 60% para clientes privados. Para clientes do setor público, haverá a alteração do SFH de 60% para 80% e do SFI de 50% para 70%.

A ACMA constrói imóveis de elevado padrão de qualidade com diferenciais exclusivos, entre os quais a arquitetura, a localização e os itens de conforto. Se você procura um apartamento fora do comum, seu lugar é aqui! Entre em contato com nossos colaboradores e saiba mais sobre nossas condições especiais de pagamento pelo telefone (41) 3322-1929.

Fonte: Jornal da Manhã

A importância da assessoria jurídica no ramo imobiliário

A assessoria jurídica tornou-se essencial com a expansão do mercado imobiliário e o fácil acesso a informações contratuais disponíveis na Internet. A assessoria, também conhecida como advocacia preventiva, busca evitar desgastes e prejuízos financeiros decorrentes de negócios imobiliários malfeitos ao realizar estudos da documentação do imóvel e análises da situação financeira e jurídica dos vendedores e locatários.

Toda tratativa envolve riscos, mas a aquisição de um imóvel implica no conhecimento de questões legais relacionadas a ele, ao proprietário e à documentação necessária. Fizemos uma seleção das principais dúvidas sobre contratos imobiliários. Confira:

  1. Hoje em dia há uma forte presença da tecnologia na área imobiliária. Nesse sentido, a importância dos contratos imobiliários passou a ser maior? O que mudou com a presença da área na internet?

Muito embora a tecnologia possa facilitar as nossas rotinas, tanto numa compra e venda quanto numa locação precisamos ter regras claras, que tornem a relação e, principalmente, eventual rescisão, mais fáceis. A internet traz a comodidade da verificação de oportunidades de compra e venda de imóveis, o acompanhamento da locação, o recebimento de informações acerca dos imóveis, a retirada de certidões, o acompanhamento de registros, etc. Mas não há, hoje, qualquer substituto a um contrato bem estruturado. E, neste caso, o contrato não pode ser “um simples modelo obtido na internet”. Ele deve ser feito com cautela e deve, acima de tudo, refletir a exata relação que se está criando naquele momento.

  1. Quais os critérios de um contrato imobiliário que as duas partes devem ficar atentas?

Em qualquer dos casos – locação ou vendas, quanto mais detalhado for o instrumento melhor será sua aplicabilidade. Quando falamos em venda, além da qualificação das partes – com a verificação de sua capacidade para o ato jurídico, temos de ter uma descrição exata e completa do bem, o detalhamento da forma de pagamentos e cláusulas de posse e transferência da propriedade. Além disso, essencial é a análise das certidões das partes e dos bens, a fim de que o negócio seja seguro. Cláusulas que prevejam eventual distrato ou desistência também são de suma importância para mitigar conflitos futuros. Quanto à locação, não menos importante é a qualificação das partes, a descrição do bem ou o detalhamento dos valores e forma de pagamento. Mas, aqui, imprescindível que se tenham regras claras sobre renovação, benfeitorias, multas rescisórias e, acima de tudo, a vistoria do bem, a fim de que não se tenha uma entrega deficitária ou uma surpresa na hora do recebimento das chaves.

  1. Quais as principais diferenças entre um contrato de locação e um de compra e venda?

Os contratos são completamente distintos. A principal diferença certamente é o objeto do contrato, na medida em que um prevê a venda, com a transferência da propriedade, e o outro prevê a locação, ou seja, a forma de uso. Mas os contratos se diferem também na sua forma jurídica, disposição de valores, formas de pagamento e de rescisão.

  1. Qual é a importância de um advogado nas transações imobiliárias?

Qualquer transação imobiliária traz consigo a necessidade de um assessoramento jurídico qualificado. Vendas malfeitas, sem a segurança jurídica de um contrato bem formatado e da análise de certidões, podem trazer muitas dores de cabeça ao comprador. Desfazer um negócio mal feito é sempre mais difícil e traumático do que solucionar tais questões na forma já prevista em contrato. Uma locação sem cláusulas que assegurem os direitos das partes, de forma inequívoca, pode trazer ao locador ou ao locatário o desconforto de não saber como lidar em determinada situação. O advogado é o profissional competente para assegurar que todas as partes estejam protegidas e apto a garantir o equilíbrio das cláusulas contratuais, gerando um negócio seguro e sadio.

A ACMA procura sempre atuar de forma ética e transparente, agregando valores aos imóveis construídos e buscando sempre a satisfação e o bem estar do nosso cliente. Entre em contato e encontre aqui o imóvel dos seus sonhos! (41) 3322-1929.

Fonte: Revista Exame